segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Os Diferentes Tipos de Base

Oi oi :)

Cada vez ouvimos mais falar em novas fórmulas de bases, novas texturas e ficamos cada vez mais baralhadas. Neste artigo, vou tentar ajudá-las a escolher a melhor textura e fórmula para o seu tipo de pele, consoante as vossas necessidades.

Bases Cushion/ Mousse:

Estas são bases liquidas em formato compacto, que vêm com uma esponja de aplicação. São livre de óleo e muito práticas de transportar.
São boas para peles acnéicas pois são leves (quanto mais camadas de base ou mais "grossa" esta for mais se notam as borbulhas) e, algumas contém iluminadores na forma de arbutina, ajudam a dissimular os pontos negros.
Dada a sua alta tecnologia, é difícil aplicar produto a mais de uma só vez, sendo possível construir a cobertura que desejamos.
A relação qualidade preço não é muito boa, tornando este tipo de bases cara: desde 20€.


Bases em Stick:

Por serem em stick, estas bases são sólidas o que oferece uma maior cobertura. Estão super na moda este ano. Devido à sua alta cobertura, ajudam a dissimular manchas (como o melasma), cicatrizes de acne (se tiveres borbulhas, não apliques o stick directamente na pele, usa um pincel ou esponja para não contaminares o produto).
Podes aplicar directamente no rosto e espalhar com os dedos, pincel ou esponja (salvo a excepção acima referida).
Existem com funções diferentes inclusive HD.


Bases Liquidas:

Esta é a gama com mais variedade de todas.
Tens bases de longa duração (geralmente mais secas e que não são tão boas para uma pele seca mal cuidada), tens as iluminadoras (o acabamento acetinado natural que está em alta no momento, óptimo para peles secas, opacas e apagadas, podendo também serem usadas por peles oleosas com pó; livres de gordura) e as sérum (são cocktails ligeiros que se misturam perfeitamente na pele, à base de água ou de óleos secos. Com algumas gotas consegues um efeito natural mas podes construir a cobertura sem deixar o aspecto pesado).


Base em Pó/ Compactas:

Bases indicadas apenas para peles mistas a oleosas pois em peles secas iriam marcar demasiado as linhas de expressão/ rugas.
As em pó têm menos cobertura do que as compactas, sendo que se utilizam muitas vezes por cima da base liquida como selante e não sozinhas. Óptimas a manter a pele livre de oleosidade.

 

Bases em Spray:

Supostamente, seriam mais práticas de aplicar mas verificou-se que de práticas têm pouco. É difícil conseguir um acabamento uniforme além de que o cabelo fica com tanta base quanto o rosto pelo que, o ideal, é aplicar a base num pincel e depois no rosto, evitando desperdícios. Deste modo, a sua função é anulada.


E estes são os diferentes tipos de base. 


Notas:
Quero ressalvar que uma pele desidratada não deve utilizar bases à base de água pois a ele irá absorver a água da base e esta ficará, ao longo do dia, às manchas.

Peles secas devem usar bases mais liquidas.
Peles oleosas já devem usar bases mais secas (em pó, compactas ou efeito matte) e sem óleo.

Espero que tenham gostado.

Não se esqueçam de Gostar, Partilhar e de me Seguirem no Blogue, Facebook e Instagram.

Façam sempre o que vos faz feliz! :)

Imagens de Google Imagens

Sem comentários:

Enviar um comentário