quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Pele Oleosa/ Mista - Truques e Dicas

Oi oi :)

Hoje venho-vos falar sobre a pele oleosa/ mista. A maioria de nós tem este tipo de pele e resolvi contar-vos alguns dos meus segredos e descobertas para uma pele perfeita. Naturalmente, tudo tem o seu tempo. :)

Vem comigo. :)



Uma das primeiras questões a esclarecer é que a pele oleosa acontece por um desequilíbrio da glândula sebácea em que esta produz sebo em excesso. Como o nome indica, existe um excesso de produção de óleo logo, uma pele oleosa não significa que seja hidratada! Daí que, por muito oleosa que a sua pele seja, é necessário hidratá-la com cremes oil-free (livre de óleo).

Um erro muito comum (usado inclusive por dermatologistas) é "secar" este tipo de pele. Ao retirarmos todo o óleo a esta pele, vamos estar a estimular a produção do mesmo. Sim, é isso mesmo que leu. Não acredita? Então vamos a um pequeno exemplo: as pessoas com este tipo de pele têm por regra lavar o rosto com sabões/ leites que lhe retiram a oleosidade mas, a meio do dia (já nem falo no final do dia...) o seu rosto já está completamente oleoso novamente.

Um estudo recente vem confirmar isto mesmo. Aliás, defende que uma pele oleosa só se deve lavar  1X/dia para que a pele se vá adaptando ao seu próprio excesso de sebo e, assim, comece a diminuir a produção do mesmo. Tudo no nosso corpo é uma questão de adaptação.


Além disso, os produtos para peles oleosas, ou qualquer outro tipo de pele, não devem retirar por completo a oleosidade natural da pele (é uma defesa natural) nem desidratá-la. Para isso, devem-se evitar os produtos que contenham álcool

Uma grande clínica multinacional utiliza nos seus tratamentos para o acne álcool pura na pele. Realmente, vai secar as borbulhas e diminuir o sebo mas não vai equilibrar a glândula sebácea pelo que o seu resultado será de pouca duração.

Já nas peles mistas, existe tanto excesso de produção de sebo numas zonas (zona T: testa, nariz e queixo) como diminuição da produção do mesmo. O ideal, seria usar diferentes produtos para as diferentes zonas do rosto mas sabemos que isso é quase impossível. Como tal, devem-se usar produtos livres de álcool e livres de óleo (oil- free) mas hidratantes.

Pele oleosa desidratada

Uma das causas do excesso de oleosidade pode ser a desidratação. Sim, é verdade. Quando não bebemos água suficiente, quando tomamos banhos muito quentes (desidratam imenso a pele), a nossa pele desidrata e o seu SOS é aumentar a produção de sebo para repor a sua proteção natural.

Outra coisa que não devemos fazer mas que poucos resistem é "espremer" as borbulhas.
Tive um cliente aqui há uns tempos em que ele tinha borbulhas no queixo. Tinha pele normal (sim, normal) e as suas borbulhas deviam-se nada mais nada menos, ao constante "espremer" das mesma e a uma má hidratação da pele ("sou homem, não preciso de creme"- mentira). Aqui passa-se o mesmo de quando retirarmos a oleosidade à pele, ao "espremer" as borbulhas, estamos a estimular as mesmas.

Os tratamentos de rosto em gabinete são essenciais para este tipo de pele, assim como todas as outras, e devem ser realizados pelo menos 1X/ mês. Se houver algo a extrair, as profissionais de estética são as pessoas que têm a competência para o fazer e sabem quando e como o fazer.

Máscaras e esfoliações caseiras, podem e devem ser feitas em casa semanalmente. (Consultar o meu artigo sobre receitas caseiras: esfoliação e máscaras)

Embora muita gente diga que não, que é mito, "nós somos o que comemos" por isso, fique atento a que alimentos lhe podem desencadear o aparecimento de borbulhas: chocolate de leite/ branco, azeitonas, molhos, massas, etc. 

Nós somos médicos de nós mesmos e a responsabiliade do nosso bem-estar e da nossa cura e saúde, somos nós próprios!

Conclusão:

1- Nunca retirar por completo a oleosidade da pele

2- Usar produtos oil-free e não comodogénicos (não obstruem os poros)

3- Usar leites de limpeza e tónicos sem álcool e que não ressequem a pele. Não usar NUNCA o sabão rosa ou de glicerina para a limpeza do rosto

4- Realizar tratamentos de rosto (limpezas de pele) pelo menos 1 X/ mês.

5- Realizar esfoliações e máscaras em casa 1X/ semana

6- Beber muita água

Espero que tenha sido útil e que vos tenha esclarecido algumas dúvidas.

Equilibrem a vossa pele, não lhe retirem a sua barreira de proteção natural. Só quando o fiz, só quando deixei de fazer o tratamento que o meu dermatologista me indicou e comecei a usar um leite de limpeza, tónico e creme adaptados à minha pele, é que o meu problema de acne desapareceu. Até lá, necessitava da pílula para não ter borbulhas. Como costumo dizer, "há vida para além da pílula".
Pense nisto. :)

Partilhe com os seus amigos e siga-me no blogue (barra lateral), e nas minhas redes sociais! :)

Façam sempre o que vos faz feliz! ;)

Sem comentários:

Enviar um comentário